Todos sabemos que vivemos – e viveremos – muito mais que nossos pais e avós e que isso, também, nos traz uma série de problemas que antes não eram vivenciados.

E para vivermos bem, temos que buscar na qualidade da nossa alimentação e da prática de exercícios físicos. Mas a prática de exercícios físicos sem orientação, ou de forma extremada, pode levar às lesões.

Uma lesão comum devido ao excesso de impacto é o desgaste da cartilagem do quadril, bastante comum em bailarinos, tenistas e jogadores de squash e corredores.

Até 15 anos atrás não havia uma solução para esse quadril com desgaste da cartilagem, que provoca muitas dores e leva à necessidade de colocação de prótese.

Recentemente, com a artroscopia, é possível tratar e adiar uma cirurgia mais complexa. As técnicas vêm evoluindo e hoje a artroscopia é uma cirurgia minimamente invasiva, que garante internação rápida e retorno às atividades em pouco tempo.

Muitas vezes, o paciente fica tratando a dor no quadril apenas como inflamação, deixando a oportunidade de tratamento simples passar, até que a artroscopia, que é uma intervenção menos invasiva, não possa ser mais indicada, sendo necessária uma cirurgia mais agressiva e até a substituição por próteses.

Embora haja a opção de tratamento com a injeção de ácido hialurônico intra-articular, esta também precisa ser realizada em ambiente apropriado, como o centro cirúrgico e com orientação por técnica de imagem, como a ultrassonografia.

Segundo os ortopedistas do Hospital Moriah, Sérgio Kishio Morioka e Luiz Fernando Teochi, “os profissionais de saúde têm que estar atentos para os sinais indicativos que diferenciam a inflamação de um desgaste. O exame clínico deve ser acompanhado por exames de imagem, como raio-x, tomografia computadorizada e ressonância magnética.”

Quanto antes for realizado o procedimento ideal, antes o paciente volta às suas atividades, conserva a sua boa qualidade de vida e adia intervenções mais radicais.

Atenção aos principais sintomas:

– dor na parte interna, ou na frente, lateral ou posterior da região do quadril que piora com alguns movimentos específicos e após longos períodos sentado.

Hospital Moriah

Avenida Moaci 974 - Moema 04083 002 - São Paulo SP

Email

contato@hospitalmoriah.com.br

Telefone

55 11 5080 7800

Redes Sociais