Sinusite crônica afeta 5% da população na cidade de São Paulo

A forma crônica da doença nem sempre é diagnosticada porque as pessoas acreditam que não há tratamento

A sinusite, inflamação nos seios da face, que causa obstrução nasal, secreção constante, dor de cabeça e no rosto e perda de olfato é, na forma mais comum, aguda, causada por infecções virais ou bacterianas, entretanto não é raro que uma pessoa apresente esse quadro há mais de três meses, caracterizando uma rinossinusite crônica.

A maioria das pessoas acredita que não há tratamento para os sintomas e por isso acaba perdendo qualidade de vida ao tentar conviver com a situação.

Hoje, existem alternativas para melhorar ou até curar a doença. O uso de medicação anti-inflamatória por via tópica (através das narinas) é a primeira escolha para a maioria dos casos. Porém, muitas vezes, o remédio não consegue atingir os seios nasais. Para que isso seja possível, realiza-se uma cirurgia por vídeo, sem cortes externos. Na cirurgia, abrem-se as cavidades do rosto, verifica-se a presença de pólipos e eles são retirados. As cavidades abertas podem agora receber a medicação necessária.

Segundo pesquisa realizada pela Faculdade de Medicina da USP, 5% da população da cidade de São Paulo apresenta sinusite crônica. Ainda não é possível saber as causas exatas que podem ser desde genéticas, até causadas por infecções recorrentes, mas também é sabido que a poluição contribui para o agravamento dos quadros.

Essa foi a primeira vez que foi feito um levantamento no país e, infelizmente, não há dados sobre a incidência em outras localidades. O fato é que os pacientes tratam os sintomas de resfriados, gripes, alergias (rinites) e sinusites de forma indiferente e com isso não conseguem obter uma melhora real.

Dicas

Se o paciente apresenta de forma constante (mais de três meses) os sintomas abaixo, deve consultar um otorrinolaringologista.

  • Respirar pela boca;
  • Apresentar secreção pelo nariz (de qualquer cor);
  • Nariz entupido;
  • Mau hálito;
  • Perda do olfato

Equipe médica

O líder do Centro de Excelência em Rinossinusite Crônica, Dr. Fabrizio Ricci Romano possui graduação em Medicina pela Universidade de São Paulo, Residência Médica em Otorrinolaringologia pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) e Doutorado em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Atualmente é médico colaborador do departamento de Otorrinolaringologia do HCFMUSP, atuando em ensino e pesquisa. Tem experiência na área de Otorrinolaringologia com ênfase em Rinologia, principalmente em otorrinolaringologia pediátrica, cirurgia do nariz e seios paranasais, cirurgia de base de crânio e pesquisa básica.

Estrutura

Unidade de Internação

Os pacientes contam com uma equipe de enfermagem altamente qualificada para orientá-los e apoiá-los durante o processo assistencial. O período de internação também é acompanhado pela equipe da Hospitalidade, capacitada para atender as mais diferentes necessidades de pacientes e familiares.

UTI

Na Unidade de Terapia Intensiva, o médico têm à disposição as equipes médica, de enfermagem e fisioterapia altamente qualificadas para apoiá-lo no processo assistencial dos pacientes.
Considerando a importância da família no processo de saúde, a UTI não estabelece restrição ao horário de visitas de acompanhantes e familiares e está localizada numa área estratégica do edifício, onde recebe uma incidência privilegiada de luz natural, característica que humaniza o ambiente. A área conta com monitorização multiparâmetros e ventilação mecânica, todas de última geração, e foi projetada para garantir a qualidade dos cuidados intensivos.

Centro de Diagnósticos

O Centro de Diagnósticos dispõe de recursos diagnósticos de alta tecnologia e um dos diferenciais deste serviço é o acolhimento proporcionado ao paciente. Às equipes médicas é concedida a possibilidade de contato com nossa equipe de radiologia que pode antecipar demandas bem como contextualizar e discutir solicitações e hipóteses diagnósticas.

Hemodinâmica

A hemodinâmica do Hospital Moriah está inserida no conceito de sala híbrida porque viabiliza a realização de procedimentos minimamente invasivos e a campo aberto no mesmo espaço físico.Essa flexibilidade, aliada a equipamentos de sistema de navegação ultramoderno e ao arco cirúrgico, permite realizar cirurgias de alta complexidade, com precisão máxima e segurança para o paciente.

Centro Cirúrgico

O Centro Cirúrgico está estruturado para receber cirurgias de alta complexidade nos padrões internacionais de segurança. As salas operatórias são equipadas com o que há de mais moderno em tecnologia para intervenções cirúrgicas e procedimentos minimamente invasivos.
A cirurgia robótica também já é realidade no Moriah. Nosso centro cirúrgico é o primeiro da América Latina a receber o robô Da Vinci Xi, o mais moderno da atualidade.
Além disso, todo o processo cirúrgico é assistido pela equipe de enfermagem que avalia as demandas de cada equipe cirúrgica e realiza interface com os médicos e seus respectivos instrumentadores e os serviços de apoio para individualizar o processo assistencial de cada equipe.

Hospital Moriah excelência em valores humanistas

O Hospital Moriah é um dos mais novos e modernos centros médico-cirúrgicos de alta complexidade do Brasil e surge com a proposta de inovar a atenção à saúde neste segmento.

Estrutura

O Hospital Moriah é um dos mais novos e modernos centros médico-cirúrgicos de alta complexidade do Brasil e surge com a proposta de inovar a atenção à saúde neste segmento.

Consultórios

O Hospital Moriah conta profissionais qualificados e comprometidos com uma assistência ética e humana. Todos os médicos são credenciados nas especialidades atendidas.

Convênios

O Hospital Moriah conta com o atendimento a um amplo conjunto de operadoras de saúde.

Política de Atendimento

Também conhecida como o Jeito Moriah de Atender, está fundamentada na junção de três aspectos fundamentais para a saúde.

Responsabilidade Social

A missão, a visão e os valores fundamentais do hospital propõem uma participação na sociedade seguindo os princípios da transparência, ética e na sustentabilidade, buscando o equilíbrio.

Comitê de Ética em Pesquisa

Organismo competente para realizar avaliação ética de todos os protocolos de pesquisa do HM que envolvam seres humanos, respaldado pela Legislação sobre ética em pesquisa vigente.

Hospital Moriah

Avenida Moaci 974 - Moema 04083 002 - São Paulo SP

Email

contato@hospitalmoriah.com.br

Telefone

55 11 5080 7800

Redes Sociais