Nós ligamos pra você!

Deixe seu nº de telefone

[contact-form-7 404 "Não encontrado"]
Tail Spin - Hospital Moriah
Carregando...

Doença Coronariana

Doenças e Sintomas

As doenças coronarianas podem afetar indivíduos de todas as idades. Entre as mais frequentes estão a arritmia, a insuficiência coronariana e as doenças que atingem as válvulas cardíacas.

Sintomas da doença coronária

Entre os principais sintomas ligados às disfunções do coração estão a dor no peito (que pode ser atípica e afetar também ombro esquerdo, braço esquerdo e costas), falta de ar, cansaço na realização até mesmo de tarefas leves e comuns, tontura e enjoos. Por serem sintomas que também podem sinalizar outros tipos de doença, a investigação detalhada é essencial para um diagnóstico correto.

Quanto mais cedo a doença coronariana é diagnosticada, melhores são as respostas do tratamento, seja ele conservador ou cirúrgico. A equipe do Hospital Moriah dispõe de uma ampla gama de métodos diagnósticos, bem como dos mais modernos equipamentos para procedimentos cardíacos, aplicando técnicas minimamente invasivas para recuperação das funções do coração e a retomada da qualidade de vida do paciente.

Shutterstock 417318097 - Hospital Moriah

Tratamento

O coração é uma estrutura bastante complexa e delicada. Por isso, o diagnóstico preciso é fundamental na escolha do melhor tratamento para cada paciente. No caso das doenças coronarianas, o tratamento pode ser conservador (com o uso de medicamentos), cirúrgico ou hemodinâmico (procedimentos via cateterismo).

O Hospital Moriah conta com uma equipe completa de profissionais altamente especializados em procedimentos de alta complexidade para o tratamento das doenças coronarianas. Cirurgias como a revascularização do miocárdio (Ponte de Safena e Mamária) podem ser realizadas de forma convencional ou por meio de procedimento minimamente invasivo.

Os procedimentos chamados minimamente invasivos são aqueles onde não é necessário abrir o peito do paciente. Podem ser via cateterismo, realizados na sala da Hemodinâmica, ou com o auxílio da robótica – utilizando o robô da Vinci Xi, o mais moderno da América Latina.

Na cirurgia robótica, o cirurgião consegue acessar o coração do paciente através de pequenos furos no tórax, por onde passam pinças, microcâmera e outros instrumentos instalados nos braços do robô. Essa técnica proporciona ao paciente uma recuperação mais rápida, pois sofre menor trauma e menos sangramento, levando a uma pronta retomada às atividades rotineiras.

No caso dos procedimentos via cateterismo, a intervenção é realizada por meio de catéteres inseridos na artéria femoral (na virilha) ou radial (no braço), e alcançam o coração, guiados por imagem.

Os procedimentos cardíacos minimamente invasivos são realizados no Centro Cirúrgico do Hospital Moriah, com anestesia geral ou anestesia local e sedação, e o paciente pode receber alta em até 24 horas, dependendo do caso.

Equipe Médica

E Leandroechenique - Hospital Moriah

Dr. Leandro Santini Echenique

CRM/SP: 107718
Telefone: +55 11 5080 7800

O Dr. Echenique é graduado em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo e concluiu as residências de Cardiologia (UNIFESP) e Clínica Médica (Faculdade de Medicina da USP). Atualmente, atua como cardiologista clínico e médico do esporte no Hospital Moriah.

Dr. Robinson Poffo

CRM/SP: 133469
Telefone: +55 11 5080 7800

O Dr. Robinson Poffo possui Graduação em Medicina pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1992) e residência em Cirurgia Cardiovascular pela Santa Casa de Misericórdia de Curitiba (1996).

Possui especialização em Cirurgia Cardiotorácica pela Universidade do Alabama (Birmingham, EUA, 1997) e mestrado em Medicina (Clínica Cirúrgica) pela Universidade Federal do Paraná (2000), Dr. Poffo aprofundou seus estudos em técnicas minimamente invasivas em países como Itália, Bélgica, Estados Unidos e Alemanha. Deste último, trouxe para o Brasil uma nova técnica de cirurgia cardíaca videoassistida minimamente invasiva, tornando-se referência nacional na área.

Em março de 2010, o cirurgião iniciou o projeto pioneiro de utilização do sistema robótico daVinci em cirurgia cardíaca na América Latina.
Atua principalmente na área de Cirurgia Cardíaca Minimamente Invasiva das valvas cardíacas, cardiopatias congênitas, insuficiência coronariana e doenças da aorta.

Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, Especialista em Cirurgia Cardiovascular e Habilitado em Terapia de Implante por Catéter de Biopróteses Valvares Aórticas (TAVI) e Área de Atuação em Estimulação Cardíaca Eletrônica Implantável.

Membro Titular da Sociedade Brasiliera de VideoCirurgia – SOBRACIL e da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos.

Membro das seguintes Sociedades Internacionais e Programas: Global Physician Associate Program Cleveland Clinic, Society of Thoracic Surgeons, European Association for Cardio-Thoracic Surgery, International Society for Minimally Invasive Cardiothoracic Surgery, Society of Robotic Surgery, Heart Valve Society, International Society for Heart and Lung Transplantation Extracorporeal Life Support Organization.

Atua como revisor das revistas científicas Brazilian Journal of Cardiovascular Surgery e Innovations, da qual participa da Diretoria Editorial.

Dr. Adriano Caixeta

CRM/SP: 66662
Telefone: +55 11 5080 7800

Graduado em Medicina pela Universidade Federal de Goiás, com residência em Cardiologia pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, especialização em Cardiologia Intervencionista pelo Instituto do Coração no Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP), Doutorado em Medicina pela Universidade de São Paulo e Pós-Doutorado em Clinical Research em Cardiologia Intervencionista na Columbia University Medical Center & Cardiovascular Research Foundation (Nova York, EUA), o Dr. Caixeta dedica seus estudos e pesquisa à Cardiologia Clínica, Cateterismo Cardíaco, Angioplastia Coronária, Implante de Stent, Intervenções Cardiovasculares Percutâneas e Implante de Válvula Aórtica por Cateter.

Atua como revisor de revistas científicas nacionais e internacionais, possui mais de 200 trabalhos publicados (entre artigos completos em periódicos e anais de eventos) e exerce atividades de ensino e pesquisa na UNIFESP na condição de Orientador do Programa de Pós-Graduação de Mestrado e Doutorado e Preceptor do Serviço de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista. Ainda na UNIFESP, o cirurgião também atua como Professor Adjunto e é o Vice-Coordenador do Programa de Pós-Graduação (Stricto Sensu) da disciplina de Cardiologia.