Nós ligamos pra você!

Deixe seu nº de telefone

[contact-form-7 404 "Não encontrado"]
Tail Spin - Hospital Moriah
Carregando...

Câncer

Doenças e Sintomas

Os Cânceres ginecológicos mais prevalentes são os de colo de útero e de ovário. Mas as mulheres podem ainda sofrer com os tumores de endométrio, vagina e vulva. Essas doenças podem ter bom prognóstico se detectadas precocemente, por isso a importância da consulta médica anual e exames diagnósticos.
Na maioria dos casos, com exceção do Câncer do corpo do útero (endométrio), a paciente não tem sintomas prévios e a doença acaba se manifestando tardiamente.
O Moriah oferece todos os exames ginecológicos necessários para um acompanhamento eficaz da saúde da mulher.

Câncer do Colo do Útero

O Câncer do colo do útero é o tumor maligno ginecológico mais comum. Quando em estágios iniciais, pode ser assintomático, sendo diagnosticado por alterações no exame preventivo citológico (Papanicolau). Quando sintomático, apresenta-se com sangramento vaginal após as relações sexuais, sangramento vaginal irregular com odor fétido ou saída de pus pela vagina. Os principais fatores de risco relacionados ao desenvolvimento do Câncer do colo do útero são infecção pelo Papiloma Vírus Humano (HPV), tabagismo, múltiplos parceiros sexuais sem proteção, início precoce das relações sexuais e deficiências de imunidade, como transplantes ou AIDS.

Câncer do Endométrio

O principal sintoma do Câncer do endométrio é sangramento uterino anormal, em especial após a menopausa. Outros relacionados são dor pélvica, sangramento entre as menstruações, sensação de peso em região pélvica, massa pélvica, sangramento menstrual intenso com necessidade de transfusão de sangue, sangramento vaginal com odor fétido. O Câncer do endométrio está relacionado ao envelhecimento (por volta dos 65 anos) e associado à Síndrome Metabólica, com Obesidade, Diabetes e Hipertensão arterial. Em alguns casos, relaciona-se também às mutações genéticas hereditárias, sendo a mais comum a Síndrome de Lynch.

Câncer de Ovário

O Câncer de ovário geralmente é assintomático ou pouco sintomático nos estágios iniciais da doença. Infelizmente, na maioria das vezes o diagnóstico se dá em estágios mais avançados. Nessa fase, apresenta-se com massas pélvicas, emagrecimento, aumento do volume abdominal, desconforto gástrico, alteração do hábito intestinal e urinário. O Câncer de ovário está também relacionado com o envelhecimento populacional e com mutações genéticas hereditárias (Síndrome do Câncer Mama-Ovário), como a mutação nos genes BRCA1 e BRCA2.

Câncer

Tratamento

Os Cânceres do aparelho reprodutor feminino têm, quase sempre, tratamento cirúrgico, que pode ou não ser acompanhado de tratamentos quimioterápicos, radioterápicos e hormonioterápicos, entre os mais comuns.
Praticamente todas as cirurgias ginecológicas podem ser feitas pelo robô cirúrgico, possibilitando menor sangramento, menor tempo cirúrgico e alta e recuperação mais rápidos.

Equipe Médica

Dr. Mariano Tamura

CRM/SP: 87389
Telefone: +55 11 5080 7800

Médico graduado em Medicina pela Escola Paulista de Medicina / UNIFESP em 1996, com Residência Médica em 2000 e Doutorado em 2005 pela mesma Instituição. Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela FEBRASGO

E Renatomoretti - Hospital Moriah

Dr. Renato Moretti

CRM/SP: 97295
Telefone: +55 11 5080 7800

Ginecologista especializado no tratamento do Câncer Ginecológico. Graduado pela Escola Paulista de Medicina – Universidade Federal de São Paulo (EPM/UNIFESP) em 1999. Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia (2003) e Titulo de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia/FEBRASGO em 2002. Especialização em Ginecologia Oncológica e Cirurgia Ginecológica (2004-2005) pela EPM-UNIFESP. Foi professor da Disciplina de Ginecologia e Obstetrícia da Universidade de Taubaté-UNITAU. Título de habilitação em Colposcopia (Associação Brasileira de Genitoscopia) e Título de Área de Atuação em Endoscopia Ginecológica (FEBRASGO/AMB) em 2005 e 2009, respectivamente. Título de Doutor em Ciências pela Disciplina de Ginecologia Oncológica da EPM-UNIFESP em 2012. Pós-Doutorado do Departamento de Ginecologia da EPM-UNIFESP em 2020. Membro da Comissão de Ginecologia Oncológica da Comissão Nacional de Especialidades da Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia – FEBRASGO – 2020.