Uma vida saudável

Sempre alguém pergunta “como evitar o câncer”? Embora a maioria dos tipos de câncer de próstata não seja “evitável”, vale a regra para toda doença oncológica: atividade física, peso ideal e uma dieta com gordura animal controlada. No caso da próstata, a redução no consumo deste tipo de gordura é benéfica porque reduz em até 30% o risco de câncer.

E, de boa notícia, dois estudos publicados na revista European Urology, um publicado em 2018 e outro de 2016, sugerem que as ejaculações seriam protetoras contra a doença. Ou seja, homens que ejaculam mais na vida adulta (podendo inferir mais relações sexuais), teriam menor chance de desenvolver câncer. No mais recente, um grupo de mais de 30 mil homens foi acompanhado por 12 anos e os pesquisadores identificaram processos biológicos que podem associar maior frequência de ejaculações ao longo da vida com menor taxa de incidência do câncer de próstata.

Informações do INCA – Instituto Nacional do Câncer – em www.inca.gov.br

img total1

Idade e peso

O excesso de gordura corporal aumenta o risco de câncer de próstata avançado. A idade também é um fator importante, uma vez que tanto a incidência quanto a mortalidade aumentam significativamente após os 50 anos.

icon genetica

Genética

Pai ou irmão com câncer de próstata antes dos 60 anos, podendo refletir tanto fatores genéticos (hereditários) quanto hábitos alimentares ou estilo de vida de risco de algumas famílias.

Exposição

Exposições a aminas aromáticas, arsênio, produtos de petróleo, motor de escape de veículo, hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA), fuligem e dioxinas estão associadas ao câncer de próstata.

Câncer de próstata: tratar e curar

A cirurgia robótica na urologia vem sendo largamente empregada na retirada de tumores de próstata.

A robótica se tornou a principal técnica para a operação de tumores de próstata nos Estados Unidos, onde mais de 80% dos casos são realizados com o robô. A razão para a preferência pela técnica reside no fato de a cirurgia robótica ser uma cirurgia minimamente invasiva e que oferece bons resultados na recuperação do paciente e, também minimizando efeitos colaterais.

No Hospital Moriah o robô é o principal aliado na cirurgia urológica, com resultados iguais ou superiores ao da cirurgia laparoscópica e ainda garantindo menor tempo de internação. No caso na retirada de tumores de próstata, o tempo médio de internação é de 24 a 48 horas.