O protagonismo da enfermagem no desenvolvimento de boas práticas nas instituições de saúde se fortalece a cada dia. Para acompanhar de perto o trabalho dos profissionais, valorizá-los e oferecer o apoio do Coren-SP, a presidente Renata Pietro está realizando visitas de aproximação nas instituições do estado. Nesta sexta-feira (31/1) ela esteve no Hospital Moriah, situado na capital paulista.

Na ocasião, ela foi recebida pelo CEO da instituição, dr. Alexandre Teruya; e pelas enfermeiras dras. Aline Cristine de Oliveira, gerente de relacionamento e apoio à prática médica; e Paula Grazielle Scorsi de Queiroz, coordenadora de enfermagem.

“A enfermagem é um pilar central nesta instituição e tem autonomia. Trabalhamos sempre com base em indicadores”, disse a enfermeira Paula Grazielle Scorsi de Queiroz. Entre os destaques ela citou a o tempo de resposta aos chamados dos pacientes por meio da campainha, que em 95% dos casos é inferior a um minuto. “Também promovemos uma grande aproximação e integração entre as equipes médica e de enfermagem, o que traz melhorias para a segurança do paciente e dos próprios profissionais”.

O CEO Alexandre Teruya também destacou a autonomia da enfermagem na instituição. “A categoria tem fundamental importância aqui. Está presente em todas as comissões e estabelecemos que não há médicos acima da enfermagem na hierarquia. Eles são parceiros e tomam decisões conjuntamente”, relatou, lembrando que, devido à atuação da enfermagem, foi possível estabelecer um tempo muito curto de permanência dos pacientes na internação.

Durante o diálogo, a enfermeira Aline Cristine de Oliveira falou sobre um protocolo de prevenção da hipotermia, que tem como objetivo evitar que o paciente sinta frio no centro cirúrgico. Assim, o controle da temperatura começa na unidade de internação e é conduzido pela enfermagem, de forma que a pessoa chega normotérmica para passar pela cirurgia.

A presidente do Coren-SP, Renata Pietro, destacou a importância de dar visibilidade a trabalhos como esses. “A enfermagem está na linha de frente do cuidado e tem muitas experiências bem sucedidas que devem ser replicadas. Assim, cada vez mais, seremos valorizados pelas nossas competências”, avalia.

Fonte: https://portal.coren-sp.gov.br/noticias/aproximacao-presidente-dialoga-com-equipe-de-enfermagem-do-hospital-moriah/

<?php echo do_shortcode(‘[metaslider id=”2316″]’); ?>


Compartilhe nas redes sociais

Você também poderá gostar de ler...

Saiba qual é a relação entre hérnia abdominal e obesidade

Saiba qual é a relação entre hérnia abdominal e obesidade

As hérnias abdominais atingem entre 20% e 25% da população adulta, de acordo com a Sociedade Brasileira de Hérnia.…

Continue lendo

Saiba quais podem ser os efeitos colaterais da quimioterapia

Saiba quais podem ser os efeitos colaterais da quimioterapia

Segundo um estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), foram registrados 625 mil novos casos de câncer no Brasil somente…

Continue lendo

Saiba quais são os riscos da alergia alimentar

Saiba quais são os riscos da alergia alimentar

De acordo com a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), cerca de 8% das crianças sofrem com algum tipo…

Continue lendo