Em parceria com a UNIFESP, pacientes recrutadas vão ser tratadas com radiofrequência

Um estudo prospectivo com 30 pacientes entre 18 e 45 anos vai avaliar o uso da radiofrequência para a diminuição de miomas uterinos e melhora na qualidade de vida das mulheres que sofrem com esse problema.

Em parceria com o setor de mioma uterino e doenças benignas do útero da Universidade Federal de São Paulo/UNIFESP, o protocolo da pesquisa incluirá a seleção de pacientes que se submeterão ao procedimento de radiofrequência no Hospital Moriah.

A radiofrequência é uma intervenção minimamente invasiva que, por meio de uma agulha introduzida dentro do mioma, por via vaginal, destrói o tumor pela alta temperatura.

O procedimento é realizado em centro cirúrgico, com anestesia geral e com alta no mesmo dia, com baixa incidência de dor pós-operatória.

O que é Mioma?

Os miomas uterinos são tumores benignos de músculo liso que afetam mulheres durante a idade reprodutiva e são os tumores de maior incidência no sexo feminino, chegando a acometer 70% delas antes da menopausa.

Entre os fatores de risco, embora a causa seja relativamente incerta, a raça negra sempre apresentou maior incidência da doença. Mas a diferença étnica ainda é interrogada se deve-se a alterações genéticas ou ambientais. Idade a partir dos 30 anos e ganho de peso foram relacionados ao aumento da incidência dos miomas uterinos também.

O estudo

Além de obter informações a respeito dos resultados da radiofrequência na destruição do mioma, o estudo ainda vai oferecer dados sobre a qualidade de vida da mulher após o procedimento, em comparação a outros métodos de tratamento minimamente invasivo também indicados para os miomas. Esse levantamento será feito por meio de questionários aplicados periodicamente após o tratamento, até 36 meses depois.

Para se inscrever, mulheres com diagnóstico de miomas podem entrar em contato com o Hospital Moriah pelo número (11) 5080-7890 dizendo que gostariam de se inscrever no estudo de miomas.

Serão aceitas inscrições de mulheres maiores de 18 anos, moradoras da Grande São Paulo. Após a triagem, que será feita no Hospital Moriah, as mulheres serão acompanhadas em ambos hospitais: Hospital Moriah e setor de mioma uterino e doenças benignas do útero da Universidade Federal de São Paulo (campus Vila Clementino).

Serviço:

Estudo prospectivo do uso da radiofrequência em miomas uterinos

Hospital Moriah/UNIFESP
Inscrições: (11) 5080-7890

Quem pode se inscrever: mulheres acima de 18 anos com diagnóstico inicial de mioma uterino.

Número de inscrições: 100

As consultas de triagem serão oferecidas de acordo com a disponibilidade dos médicos participantes do estudo, nos consultórios do Hospital Moriah em Moema – S. Paulo.


Compartilhe nas redes sociais

Você também poderá gostar de ler...

Saiba tudo sobre leucemia mieloide aguda

Saiba tudo sobre leucemia mieloide aguda

O quadro "O Hospital Responde", produzido pelo programa Domingo Espetacular, da Record TV, convidou a Dra. Daniela…

Continue lendo

Saiba mais sobre a insônia

Saiba mais sobre a insônia

O quadro "O Hospital Responde" (produzido pelo programa Domingo Espetacular, da Record TV) convidou o Dr. Djacir…

Continue lendo

Alzheimer: entenda os fatores que contribuem para o desenvolvimento da doença

Alzheimer: entenda os fatores que contribuem para o desenvolvimento da doença

No quadro "O Hospital Responde" (produzido pelo programa Domingo Espetacular, da Record TV), o Dr. Eduardo Sousa,…

Continue lendo