Em parceria com a UNIFESP, pacientes recrutadas vão ser tratadas com radiofrequência

Um estudo prospectivo com 30 pacientes entre 18 e 45 anos vai avaliar o uso da radiofrequência para a diminuição de miomas uterinos e melhora na qualidade de vida das mulheres que sofrem com esse problema.

Em parceria com o setor de mioma uterino e doenças benignas do útero da Universidade Federal de São Paulo/UNIFESP, o protocolo da pesquisa incluirá a seleção de pacientes que se submeterão ao procedimento de radiofrequência no Hospital Moriah.

A radiofrequência é uma intervenção minimamente invasiva que, por meio de uma agulha introduzida dentro do mioma, por via vaginal, destrói o tumor pela alta temperatura.

O procedimento é realizado em centro cirúrgico, com anestesia geral e com alta no mesmo dia, com baixa incidência de dor pós-operatória.

O que é Mioma?

Os miomas uterinos são tumores benignos de músculo liso que afetam mulheres durante a idade reprodutiva e são os tumores de maior incidência no sexo feminino, chegando a acometer 70% delas antes da menopausa.

Entre os fatores de risco, embora a causa seja relativamente incerta, a raça negra sempre apresentou maior incidência da doença. Mas a diferença étnica ainda é interrogada se deve-se a alterações genéticas ou ambientais. Idade a partir dos 30 anos e ganho de peso foram relacionados ao aumento da incidência dos miomas uterinos também.

O estudo

Além de obter informações a respeito dos resultados da radiofrequência na destruição do mioma, o estudo ainda vai oferecer dados sobre a qualidade de vida da mulher após o procedimento, em comparação a outros métodos de tratamento minimamente invasivo também indicados para os miomas. Esse levantamento será feito por meio de questionários aplicados periodicamente após o tratamento, até 36 meses depois.

Para se inscrever, mulheres com diagnóstico de miomas podem entrar em contato com o Hospital Moriah pelo número (11) 5080-7890 dizendo que gostariam de se inscrever no estudo de miomas.

Serão aceitas inscrições de mulheres maiores de 18 anos, moradoras da Grande São Paulo. Após a triagem, que será feita no Hospital Moriah, as mulheres serão acompanhadas em ambos hospitais: Hospital Moriah e setor de mioma uterino e doenças benignas do útero da Universidade Federal de São Paulo (campus Vila Clementino).

Serviço:

Estudo prospectivo do uso da radiofrequência em miomas uterinos

Hospital Moriah/UNIFESP
Inscrições: (11) 5080-7890

Quem pode se inscrever: mulheres acima de 18 anos com diagnóstico inicial de mioma uterino.

Número de inscrições: 100

As consultas de triagem serão oferecidas de acordo com a disponibilidade dos médicos participantes do estudo, nos consultórios do Hospital Moriah em Moema – S. Paulo.


Compartilhe nas redes sociais

Você também poderá gostar de ler...

Saiba qual é a relação entre hérnia abdominal e obesidade

Saiba qual é a relação entre hérnia abdominal e obesidade

As hérnias abdominais atingem entre 20% e 25% da população adulta, de acordo com a Sociedade Brasileira de Hérnia.…

Continue lendo

Saiba quais podem ser os efeitos colaterais da quimioterapia

Saiba quais podem ser os efeitos colaterais da quimioterapia

Segundo um estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), foram registrados 625 mil novos casos de câncer no Brasil somente…

Continue lendo

Saiba quais são os riscos da alergia alimentar

Saiba quais são os riscos da alergia alimentar

De acordo com a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), cerca de 8% das crianças sofrem com algum tipo…

Continue lendo