Para se detectar a malignidade de um tecido com crescimento anormal, em qualquer tipo de câncer, realiza-se uma biópsia, que é a retirada de um microscópico fragmento do órgão. Este fragmento é avaliado por um patologista e então confirma-se o diagnóstico de câncer (tumor maligno) ou de outra doença, mas benigna. 

No caso da próstata, a biópsia transperineal é recomendada por ser capaz de coletar fragmentos de qualquer região, inclusive da parte anterior, onde concentram-se de 10 a 20% dos tumores. 

Para saber mais sobre o procedimento, confira a explicação do urologista do Hospital Moriah Dr. Victor Srougi (CRM/SP 135238)


Compartilhe nas redes sociais

Você também poderá gostar de ler...

Saiba tudo sobre leucemia mieloide aguda

Saiba tudo sobre leucemia mieloide aguda

O quadro "O Hospital Responde", produzido pelo programa Domingo Espetacular, da Record TV, convidou a Dra. Daniela…

Continue lendo

Saiba mais sobre a insônia

Saiba mais sobre a insônia

O quadro "O Hospital Responde" (produzido pelo programa Domingo Espetacular, da Record TV) convidou o Dr. Djacir…

Continue lendo

Alzheimer: entenda os fatores que contribuem para o desenvolvimento da doença

Alzheimer: entenda os fatores que contribuem para o desenvolvimento da doença

No quadro "O Hospital Responde" (produzido pelo programa Domingo Espetacular, da Record TV), o Dr. Eduardo Sousa,…

Continue lendo