Segundo a Associação Brasileira do Sono (ABS), a insônia atinge 73 milhões de pessoas no Brasil. Ela pode se manifestar como uma modificação na qualidade do sono, ou seja, não só dormir pouco, como dormir mal, e se sentir cansado durante o dia. Em cidades como São Paulo, os índices são ainda maiores. Dados do Instituto do Sono (Episono) revelam que 45% da população paulistana queixa-se de dificuldade para dormir. Os remédios para insônia podem viciar? Quais são as consequências? Quantas horas uma pessoa precisa dormir por noite? O DE Responde (produzido pelo programa Domingo Espetacular, da Record TV), convidou o Dr. Eduardo Sousa, neurologista do Hospital Moriah, para tirar as dúvidas sobre a doença.


Compartilhe nas redes sociais

Você também poderá gostar de ler...

Urologista fala sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata

Urologista fala sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata

O quadro 'O Hospital Responde' convidou o Dr. João Manzano, urologista do Hospital Moriah, para falar sobre o câncer de…

Continue lendo

Quantidade de passos que damos por dia ajuda a prevenir doenças cardiovasculares

Quantidade de passos que damos por dia ajuda a prevenir doenças cardiovasculares

Um estudo recente concluiu que manter a contagem da quantidade de passos que damos por dia ajuda a prevenir doenças…

Continue lendo

Crianças estão mais altas e obesas, revela estudo da Fiocruz

Crianças estão mais altas e obesas, revela estudo da Fiocruz

Uma pesquisa realizada pela Fiocruz sobre as crianças brasileiras mostrou que elas estão mais altas e acima do peso. O…

Continue lendo